Um pouco de história...

 

A Casa do Paço, construção iniciada no séc. XIII e ampliada posteriormente, mantém a estrutura de uma habitação tradicional e senhorial da Beira Alta, de ambiente acolhedor e confortável. Está construído numa pequena elevação dum maciço granítico, de onde avista o vale fértil e agrícola da povoação de Bordonhos e no horizonte os maciços das Serras da Arada, do S. Macário e de Montemuro.
Casa de Fidalgos da Casa Real, que segundo a história o 1º Morgado de Bordonhos foi Gonçalo Anes Homem, cujo título foi atribuído em 1369.
Casa foral, onde era entregue o foro (uma renda anual) pelos lavradores das terras que as cultivavam. O foro era pago em géneros, nomeadamente: alqueires de milho, almudes de vinho, carros de lenha, arráteis de carne (presunto), galinhas e meadas de linho.  
Construção em granito e madeira, cuja arquitectura remonta ao século XVIII, tendo sido preservada e restaurada mantendo a traça inicial.